Dólar hoje 4,097
23ºC em Arapiraca, Alguns chuviscos
Alagoas
Postada em 09/05/2019 17:19 | Por Redação com Ascom
Presidente do TJ tira dúvidas sobre situação do Pinheiro com Defesa Civil
Tutmés Airan pediu esclarecimentos sobre o laudo técnico apresentado, nessa quarta-feira (8), pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais
TJ pretende mediar conflito entre Braskem e moradores do Pinheiro, Mutange e Bebedouro - Foto: Adeildo Lobo

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, se reuniu com representantes da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e da Defesa Civil para tirar dúvidas sobre o laudo que aponta a extração de sal-gema pela Braskem como a responsável pelos problemas nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, na Capital. O encontro ocorreu nesta quinta-feira (9).

Segundo o desembargador, o objetivo é que é ele possa ter subsídios técnicos para construir o caminho da mediação e da conciliação entre as partes. “Esse é, seguramente, o maior conflito da história de Alagoas e, para evitar que 40 mil ações desaguem no Judiciário, é preciso que a gente tenha maturidade e informação, para que as partes sentem à mesa e componham esses interesses”, afirmou.

O presidente do TJAL disse que, ainda nesta quinta, vai se reunir com representantes da Braskem. Na sexta (10), é a vez dos moradores dos bairros atingidos. “Queremos construir uma alternativa de composição do conflito para que ele não se eternize”, destacou Tutmés Airan.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.