Dólar hoje 4,128
24ºC em Arapiraca, Parcialmente nublado
Galeria da Fama
Postada em 16/06/2019 20:29 | Por R7
Bacci diz não temer ameaças de irmão de sogro de ator morto
Apresentador diz que situações como essas provam que ameaças ou atitudes grosseiras não farão o programa Cidade Alerta tirar o pé do acelerador
Luiz Bacci sobre Joel Cupertino: "reação dele é típica de quem não tem argumento" - Foto: Reprodução/Record TV

Após ter sido xingado durante uma entrevista ao vivo na sexta-feira (14) por Joel Cupertino, Luiz Bacci, apresentador do programa Cidade Alerta, da Record TV, afirmou que a reação dele pode esconder uma possível cobertura da fuga de Paulo Cupertino, apontado pela polícia como autor da morte do ator Rafael Miguel e seus pais na tarde do domingo (9).

"A reação do irmão do foragido é típica de quem não tem argumento e percebe que as mentiras contadas não atrapalham mais a polícia”, disse. “O grande desafio agora é saber se o silêncio e a atitude explosiva de alguns membros da família de Paulo escondem uma possível cobertura na fuga do assassino.”

Procurado pela polícia há oito dias, o comerciante Paulo Cupertino é pai de Isabela Tibcherani, namorada de Rafael. Segundo as investigações, o homem cometeu os assassinatos por não aceitar o relacionamento entre sua filha e o ator. "Paulo Cupertino tem duas saídas: se entregar à polícia ou correr o risco de ser morto pelo tribunal do crime comandado pela facção que é responsável pelo tráfico na área”, analisou Bacci.

Xingamentos

O apresentador Luiz Bacci afirmou que não impôs nenhuma condição ao ser informado que o irmão de Paulo, Joel Cupertino, poderia conceder entrevista. “Fiz questão de ouvi-lo, afinal é a única pessoa que até agora comprovou ter contato com o Paulo e conta várias versões sobre o crime e a fuga. Pedi para o sonoplasta ficar esperto porque Joel é imprevisível."

"Não acho que Joel seja louco como muitos estão dizendo. Tenho certeza que o objetivo dele é atrapalhar a investigação mas, por falar demais, acaba revelando algumas verdades sobre o caso, por exemplo, a revolta de traficantes do bairro com tamanha crueldade dos assassinatos."

Bacci afirmou ainda que o Cidade Alerta é ao vivo e “essas situações provam que nenhum tipo de ameaça ou atitude grosseira fará com que o programa tire o pé do acelerador nos casos mostrados."

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.