Dólar hoje 3,749
23ºC em Arapiraca, Alguns chuviscos
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 11/05/2019 19:26 | Atualizada em 12/05/2019 10:31
ASA: Primeiro jogo em casa e primeira vitória conquistada
Alvinegro conseguiu a primeira vitória na Série D, diante do Vitória das Tabocas-PE. Dinda e Thauan marcaram na vitória por 2x1.

Ufa! Até que enfim. Se o ASA fosse uma pessoa, acho que essa seria a expressão usada após o apito final da partida de hoje.

Estreia em casa e tentativa de apagar a estreia na Série D. Aquela que a derrota veio. Hoje foi diferente.

Um começo de jogo com imposição. Indo para cima do adversário e sendo agressivo. Lembrava aquele ASA de alguns anos atrás. Chances perdidas que poderiam matar a partida, até chegar ao gol de Dinda. Ele que era dúvida e dúvida foi o que ele não teve ao finalizar.

No segundo tempo, "aquele" ASA voltou. O que ninguém quer ver. Lento, desorganizado e aparentimente cansado. E o retrato disso, gol do Vitória. Um balde de água fria em quem já estava morno em campo. Daí em diante, sofrimento. Típico do clube. Até porque, se não for sofrido, não é o ASA. Mas, insistência também é sinônimo do Alvinegro. E foi assim que em uma jogada improvável, Junior cruzou e Thauan cabeceou. Gol! E um alívio de quem carregara um fardo nas costas.

Sofrido. Árduo. Um gol chorado. Aqueles gols que a fé em tentar consegui-lo é anormal. Luiz Gustavo, que estava no banco de reservas teve essa fé. Ao ver seus companheiros indo para o último ataque, se ajoelhou. Pediu aos céus uma luz. E clareou. Após seu suplico, Thauan marcou. É algo inexplicável. Para nós. Não para quem acredita e foi esse acreditar que fez com que a primeira vitória viesse. Surgisse. Até que enfim.

Ainda tem muito para evoluir, lógico. Vitórias assim e como qualquer outra, escondem erros. Que vão ser detectados. Mas, hoje, o destaque foi o "não desistir". Marca registrada do ASA. E que parece que acordou. Que seja apenas o início da retomada. Com a fé de Luiz Gustavo e a luta de seus companheiros.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.