Dólar hoje 4,059
23ºC em Arapiraca, Alguns chuviscos
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 02/07/2019 07:47
SELEÇÃO BRASILEIRA: E que venha a tal da Argentina...
Brasil e Argentina se enfrentam hoje, às 21h30, no Estádio Mineirão em Belo Horizonte.

Um dos maiores clássicos do futebol mundial, se não o maior. Mais uma vez em uma decisão, dessa vez por vaga na final.

Será a primeira vez que as duas seleções se enfrentarão em uma semifinal de Copa América. Porém, outros confrontos já decidiram títulos e renderam classificação em Copa do Mundo.

O primeiro jogo aconteceu em 9 de junho de 1908, com vitória argentina, 3x2. Foram 104 jogos oficiais. São 42 vitórias do Brasil, com 163 gols marcados; 25 empates e 37 vitórias dos Argentinos, com 157 gols marcados.

Em finais, foram três. Duas de Copa América e uma das Confederações. Em 2004, vencemos nos pênaltis após um 2x2 no tempo normal. Naquele famoso gol de Adriano Imperador no fim do jogo. Em 2007, 3x0 para o Brasil (fora as ameaças) e mais um título. Nas Confederações de 2005, 4x1 e show de Adriano, Ronaldinho, Kaká e companhia (fora os "apavoro"). No entanto, em 1990 na Copa do Mundo, uma das mais dolorosas derrotas para os "hermanos". O 1x0 nas oitavas de final com gol de Caniggia e desclassificação. No time que ficou conhecido como "Era Dunga".

Para esse novo confronto, as situações atuais são até parecidas. Pequenas crises, desconfiança e a busca por um melhor futebol. No Brasil, Tite fez mistério e não confirmou a escalação para a partida. Ou seja, dúvidas devem martelar a cabeça do treinador.

Uma delas é na lateral esquerda, já que Filipe Luis sentiu dores e deu lugar a Alex Sandro no último jogo. A volta de Casemiro é praticamente uma certeza. E a outra é na parte ofensiva. Setor que vem tirando o sono de Adenor. Uma mudança inesperada pode até acontecer, visto que alguns estão a baixo do normal.

Então, a provável escalação é a seguinte: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luis (Alex Sandro); Casemiro, Arthur e Coutinho; Everton, Gabriel Jesus e Firmino (William).

Vendo todo esse cenário, posso analisar que, caso a Argentina saia para bater de frente com o Brasil, possivelmente teremos êxito. Mesmo comparando as situações, o nível técnico do Brasil ainda é melhor. A superioridade é vista principalmente na parte tática. Um time altamente seguro e com um padrão definido. Contra um bagunçado taticamente e ineficiente na parte defensiva. Porém, como diz o poeta: clássico é clássico e vice-versa.

Portanto, prognósticos podem ser feitos. Cravar algo, não. Seria até contra as "regras" de um clássico. Mas, que estejamos num dia inspirado. E que de uma vez por todas, que nosso time convença. Melhore o futebol e tire qualquer desconfiança. Pois, o "complexo de vira-latas" aqui não cola.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.