Dólar hoje 3,856
23ºC em Arapiraca, Parcialmente nublado
Copa do Mundo 2018
Postada em 07/07/2018 18:54 | Atualizada em 07/07/2018 19:04 | Por R7
Croácia vence Rússia nos pênaltis e pega a Inglaterra na semifinal
Após o empate por 1 a 1 no tempo normal e 1 a 1 na prorrogação, Croácia vence Rússia nos pênaltis e garante vaga na semifinal após 20 anos
Croácia garantiu vaga na semifinal da Copa do Mundo após 20 anos - Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Depois de sair atrás do placar, a seleção croata empatou ainda no primeiro tempo e conseguiu a vitória em cima da Rússia nos pênaltis por 4 a 3, após o emocionante empate na prorrogação. Assim, garantindo assim a vaga na semifinal da Copa do Mundo após 20 anos.

Kramaric, no primeiro tempo e Vida, na prorrogação, fizeram os gols da Croácia neste sábado (7), no estádio Fisht, em Sochi, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. Cheryshev e o brasileiro Mário Fernandes fizeram os gols da Rússia.

Após a vitória sobre a anfitriã Rússia, a Croácia terá agora pela frente a Inglaterra na próxima quarta-feira (11), em Moscou, às 15h (horário de Brasília).

1º tempo

Empolgada pela boa campanha na Copa, a anfitriã Rússia foi para cima da Croácia no início da partida e em menos de cinco minutos criou duas chances de gol, animando a torcida que lotou o estádio Fisht, em Sochi. Primeiro com Cheryshev, aos 2 minutos, depois com o grandalhão Dzyuba, que soltou uma bomba, que bateu no zagueiro Vida.

Após os 10 minutos, no entanto, a Croácia passou a dominar as ações da partida. Com mais posse de bola (65% a 35% da Rússia), o time croata foi crescendo na partida, mas não conseguia criar chances claras de gol. Aos 28 minutos, em sua melhor oportunidade, Perisic cabeceou após cruzamento de Vrsaljko.

A Rússia, jogando então nos contra-ataques e forte na marcação, aproveitou com eficiência um deles e abriu o placar aos 30 minutos. Após boa triangulação de Cheryshev com Dzyuba, o camisa 6 acertou um lindo chute de esquerda, de fora da área, no ângulo de Subasic. Foi o quarto gol de Cheryshev na Copa.

Após o gol, a Croácia começou uma pressão maior sobre a Rússia e logo chegou ao empate. Aos 39 minutos, numa descida rápida pela esquerda, o atacante Mandzukic entrou na área e deu um passe perfeito para Kramaric empatar de cabeça. Primeiro tempo equilibrado e com um empate justo.

2º tempo

Aos 6 minutos, Kramaric, autor do gol croata, teve a primeira boa oportunidade da segunda etapa e tentou uma bicicleta, mas pegou fraco na bola, facilitando a defesa de Akinfeev. Pouco depois, aos 14 minutos, Perisic quase virou o jogo ao pegar uma sobra na grande área e chutar na trave direita do goleiro russo.

Depois disso, os dois técnicos mexeram nas equipes e o jogo passou a ficar mais equilibrado e sem grandes oportunidades dos dois lados. A Croácia, tentando manter o controle do jogo com mais posse de bola, não se arriscou demais ao ataque. Do lado russo, a marcação ficou mais forte e o time também pouco fez para buscar o segundo gol.

Ao final dos 90 minutos, a Croácia conseguiu dar 15 chutes a gol, porém apenas dois certos. A Rússia, que teve 8 chances, acertou o gol croata três vezes.

Prorrogação

Rússia e Croácia, que disputaram prorrogação e pênaltis nas oitavas de final (contra Espanha e Dinamarca respectivamente), foram novamente para o tempo extra. Aos 9 minutos, a Rússia conseguiu armar um contra-ataque, mas o atacante Smolov perdeu na corrida para o zagueiro Lovren. No minuto seguinte, após escanteio cobrado por Modric, o zagueiro Vida, livre de marcação, cabeceou no canto direito de Akinfeev e virou o jogo.

No segundo tempo da prorrogação, a Croácia, apesar da vantagem, seguiu mais no campo de ataque e teve chance de ampliar com o zagueiro Lovren , num chute cruzado, mas defendido por Akinfeev. No minuto seguinte, após escanteio, o goleiro croata Subasic fez duas boas defesas, a segunda num forte chute de Kuziaev.

Aos 8 minutos, o lateral esquerdo Pivaric colocou a mão na bola na entrada da área e levou o cartão amarelo do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, que fez mais uma boa arbitragem na Copa. Na cobrança, o lateral direito Mário Fernandes, de cabeça, subiu muito após cobrança de Dzagoev e fez, de cabeça, o gol de empate, levando o estádio Fisht à loucura e o jogo para a disputa por pênaltis.

Disputa por pênatis

Na disputa por pênaltis, as cobranças foram essas:

Smolov (Rússia) - perdeu (Subasic defendeu)
Brozovic (Croácia) - gol
Dzagoev (Rússia) - gol
Kovacic (Croácia) - perdeu (Akinfeev defendeu)
Mário Fernandes (Rússia) - perdeu (para fora)
Modric (Croácia) - gol
Ignashevich (Rússia) - gol
Vida (Croácia) - gol
Kuziaev (Rússia) - gol
Rakitic (Croácia) - gol

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.