Dólar hoje 5,241
26ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
Alagoas
Postada em 28/10/2020 19:02 | Atualizada em 28/10/2020 19:11 | Por Agência Alagoas
Governo do Estado antecipa 13º salário para 10 de novembro
Governador Renan Filho fez o anúncio nesta quarta, Dia do Servidor Público; serão injetados R$ 335 milhões na economia de AL
Renan Filho fez o anúncio durante transmissão ao vivo (live) no Palácio República dos Palmares - Foto: Agência Alagoas

O governador Renan Filho anunciou a antecipação do 13º salário dos servidores estaduais inseridos na primeira e na segunda faixa salarial. Em torno de 75 mil funcionários públicos ativos e inativos recebem o abono no dia 10 de novembro. A divulgação aconteceu na tarde desta quarta-feira (28), Dia do Servidor Público, durante transmissão ao vivo (live).

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL), o pagamento do 13º em 2020 injeta no mercado alagoano aproximadamente R$ 335 milhões, o que deve impulsionar as vendas no comércio e o desenvolvimento da economia local em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Isso representará um fortalecimento em termos de recursos para a nossa economia. Trata-se de uma colaboração do Governo do Estado no enfrentamento à pandemia do coronavírus”, disse o governador. “Isso ocorre justamente porque as finanças estaduais de Alagoas são finanças ajustadas, estabilizadas e que permitem, nesse momento de dificuldades, que o Estado faça gestos”, acrescentou.

Entre os dias 30 de outubro e 11 de novembro, cerca de R$ 670 milhões do Tesouro Estadual serão inseridos na economia de Alagoas, período que compreende o pagamento dos salários da primeira e segunda faixa do funcionalismo estadual além do 13º salário. Vale destacar que em abril quase 12 mil servidores aposentados e pensionistas da 1ª faixa receberam o 13º, totalizando R$ 17 milhões.

“Satisfação de poder antecipar esse ano o 13º salário no meio da pandemia, para ajudar a economia do Estado de Alagoas a manter essa reação que se iniciou em maio e ajudar um pouco os comerciantes que foram muito prejudicados pela atual situação, além de proporcionar um movimento econômico melhor neste fim de ano, no natal”, ressalta o secretário da Fazenda, George Santoro.

“Já estávamos com planejamento, como fazemos todo ano para o pagamento do 13º. Com a pandemia, conseguimos adequar as despesas à nova realidade, sempre buscando a questão da antecipação do pagamento para ajudar na atividade econômica. E foi possível fazer isso com um grupo de inativos no início da pandemia no Estado e agora com o restante dos servidores”, enfatiza a secretária do Tesouro Estadual, Renata dos Santos.

A superintendente Especial do Tesouro Estadual, Karine Silva, explica que a antecipação do 13º salário reforça o esforço do Tesouro Estadual na atuação da administração financeira do Estado.

"Durante a pandemia, adiantar salário do setor público contribui não somente com o aumento do nível de atividade econômica, mas com a satisfação do servidor que atuou continuamente nesse período, garantindo as entregas dos serviços públicos para a sociedade", pontuou.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.