Dólar hoje 3,720
23ºC em Arapiraca, Parcialmente nublado
Brasileirão Série B
Postada em 29/09/2018 19:07 | Atualizada em 29/09/2018 19:08 | Por Todo Segundo com Gazeta Esportiva
CRB e CSA empatam clássico e prolongam jejum de vitórias na Série B
Jogando no Estádio Rei Pelé, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, as equipes empataram por 0 a 0
CRB e CSA empataram sem gols, assim como no primeiro turno - Foto: Reprodução/Twitter

CSA e CRB fizeram um clássico alagoano de muita luta neste sábado, mas não conseguiram balançar as redes. Jogando no Estádio Rei Pelé, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, as equipes desperdiçaram boas oportunidades e empataram por 0 a 0, prolongando o jejum de vitórias na competição.

Com o resultado, o CSA cai para a terceira posição, alcança o terceiro jogo consecutivo sem vitória e começa a ser pressionado na luta pelo acesso, já que tem 47 pontos, apenas dois a mais que o Guarani, quinto colocado. Já o Galo alcança a quinta partida sem triunfo, ocupa a 17ª posição, com 31 pontos, e perde a chance de deixar a zona de rebaixamento.

O CSA terá pouco tempo de preparação para o próximo compromisso pela competição, já que enfrenta o Paysandu, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), novamente no Rei Pelé. O CRB, por sua vez, só volta aos gramados no próximo sábado, quando enfrenta a Ponte Preta, às 18h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli.

CSA tem a posse da bola, mas CRB é quem cria

Com um meio-campo mais experiente e técnico, o CSA propunha o jogo, enquanto o CRB buscava sair nos contra-ataques, apostando na velocidade de seus atacantes mais abertos, e foi através de um deles que a equipe criou a primeira boa chance da partida. A zaga do Azulão afastou cruzamento para a entrada de área, onde Willians Santana, livre de marcação, chegou batendo forte para Lucas Frigeri defender.

Passado o susto inicial, o CSA estabilizou o sistema defensivo e começou a oferecer perigo no ataque. Aos 20 minutos, Juan arriscou de média distância e obrigou João Carlos a espalmar. No rebote, Neto Berola apareceu sozinho para finalizar, mas pegou mal na bola e mandou para fora, desperdiçando ótima oportunidade.

Percebendo a superioridade do rival, o CRB decidiu alterar sua postura. A equipe comandada por Roberto Fernandes adiantou a linha de defesa, fugindo da estratégia mais acuada. A mudança fez com que partida ficasse presa no meio de campo. Se pelo chão os times tinham dificuldades, restou a bola aérea. Melhor para o Galo, que quase abriu o placar em cabeçada do zagueiro Everton Sena após cobrança de escanteio.

Segundo tempo nervoso e sem gols

O segundo tempo teve a mesma tônica do final da primeira etapa. Com o jogo restrito ao meio-campo, as disputas físicas entre os jogadores se tornaram recorrentes, deixando os ânimos exaltados e o futebol em segundo plano, tanto é que a primeira boa jogada construída no período foi apenas aos 23 minutos, quando Juan cruzou rasteiro e Rubens, na entrada da pequena área, parou no goleiro João Carlos.

A resposta do CRB veio na sequência. O lateral Paulinho cobrou escanteio fechado, Lucas Frigeri deu um soco errado na bola e mandou contra o próprio patrimônio, acertando o travessão. Mais tarde, Iago limpou a marcação com um belo drible e acionou Neto Baiano, que perdeu mais uma chance para o Galo ao bater por cima da trave.

Cientes da importância da vitória, as equipes se lançaram ao ataque na reta final da partida. Com atacantes mais rápidos, o time de Roberto Fernandes levava vantagem até os 37 minutos, quando Mazola acertou um tapa no rosto de Yuri e foi expulso direto pelo árbitro. Mesmo inferior numericamente, o CRB teve a chance da vitória nos pés de Neto Baiano, mas o centroavante, sozinho na entrada da área, exagerou na força e mandou sobre a meta.

FICHA TÉCNICA

CRB 0x0 CSA

Local: Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)

Data: Sábado, 29 de setembro de 2018

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Cartões amarelos: Everton Sena, Luiz Otávio, Marcelo, Willians Santana e Neto Baiano (CRB). Matheus Lopes, Didira e Judivan (CSA)

Cartão vermelho: Mazola (CRB)

Gols: –

CRB: João Carlos; Diogo Mateus, Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Luiz Otávio (Marcelo), Renan Oliveira (Diego Rosa); Iago, Willians Santana (Mazola) e Neto Baiano. Técnico: Roberto Fernandes.

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Daniel Costa (Pio), Rubens (Alemão), Didira e Juan; Neto Berola (Judivan).Técnico: Marcelo Cabo.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.