Dólar hoje 4,995
25ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
CSE
Postada em 30/01/2024 17:57 | Atualizada em 30/01/2024 18:13 | Por Todo Segundo

Ministério Público averigua segurança do Estádio Juca Sampaio

Durante a fiscalização, foram detectadas falhas na segurança do estádio, segundo o MP
Ministério Público de Alagoas realizou nesta terça-feira (30), uma vistoria no Estádio Juca Sampaio - Foto: Instagram/CSE

O Ministério Público de Alagoas realizou nesta terça-feira (30), uma vistoria no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, que foi palco do caso polêmico ocorrido na noite da última quinta-feira (25), no qual um “torcedor” arremessou uma lata e atingiu o jogador Alleff, do ASA, no Clássico do Interior, válido pela segunda rodada do Campeonato Alagoano 2024. (Ler Matéria).

Durante a fiscalização, foram detectadas falhas na segurança, afirmou o promotor de justiça Márcio Dória. “Na visita que o MP realizou hoje, juntamente com outros órgãos, observamos algumas falhas, bem como a necessidade de ajustes para a prevenção de novos episódios de violência. Algumas sugestões foram pontuadas, como o aumento da grade que cerca o campo e a necessidade de fechamento dos portões para evitar o contato entre as torcidas”, destacou.

Além de Dória, estiveram presentes na visita ao Juca Sampaio, o promotor de justiça Lucas Mascarenhas, o presidente do CSE, José Barbosa, o capitão Novaes representando o 10° Batalhão de Polícia Militar e o Comandante da Guarda Municipal, o sargento Adriano Dantas.

Na oportunidade, foi agendada uma reunião para próxima terça-feira (06), entre o MP e outros órgãos públicos para tratar sobre a elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com regras para a realização dos jogos no Municipal Estádio Juca Sampaio.

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol de Alagoas (TJD/AL) determinou, em liminar divulgada na segunda (29), a suspensão temporária da realização de jogos no Juca Sampaio com portões abertos e vendas de ingressos por um prazo de 60 dias. O CSE entrou recursos. (Ler Matéria).

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.