Dólar hoje 5,627
26ºC em Arapiraca, AL Tempo nublado
Esportes
Postada em 25/08/2021 18:37 | Por COSME RÍMOLI | Do R7
Acabou o efeito manada. Clubes comemoram fim de monopólio da Globo
Durante décadas, os clubes tiveram de se submeter à Globo. Os de maiores torcidas no país ganhando muito mais que os demais
A Globo não teve como evitar. Os clubes se uniram e acabaram com o monopólio da emissora carioca - Foto: Divulgação

A cúpula da Globo sabia da derrota. Para tentar disfarçar todo desgosto com o fim definitivo do monopólio de transmissão de futebol neste país, divulgou uma carta aberta aos clubes, vitoriosos, ao enfrentar a emissora carioca, na segunda-feira.

A carta é histórica, com a Globo 'jogando a toalha', reconhecendo que não poderá nunca mais ganhar o direito de transmissão por efeito manada. Ou seja, seduzindo os clubes de maior popularidade com muito dinheiro e obrigando os clubes médios e pequenos a aderirem aos seus contratos, aceitando a oferta da emissora. Ou ficar sem ganhar e sem poder vender seus jogos para qualquer outra emissora ou plataforma.

A Câmara dos Deputados em julho já havia aprovado de forma resoluta a questão. Com uma vitória esmagadora por 432 contra apenas 17, os deputados federais decidiram a favor da 'lei do mandante'. Ou seja, o clube que tiver o mando dos jogos poderá negociar com a tevê, ou outra plataforma, que desejar.

E o Senado de forma ainda mais contundente decidiu a situação.

A votação foi 60 a 0 a favor da lei do mandante.

Agora só falta a sanção do presidente Jair Bolsonaro, principal defensor do final do atual sistema de distribuição de transmissão dos torneios no país.

Para deixar claro como ficará, por exemplo, o Corinthians fecha contrato com a emissora x. E o Palmeiras tem contrato com a emissora y. No primeiro turno, quando a partida for em Itaquera, a emissora x mostra o jogo. Quando for no Allianz Parque, será a emissora y.

1 Comentário
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.

Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.