Dólar hoje 4,142
32ºC em Arapiraca, Parcialmente nublado
Mulher
Postada em 25/10/2018 20:50 | Atualizada em 25/10/2018 21:02 | Por Assessoria
Outubro Rosa alerta sobre a prevenção ao câncer de mama em Arapiraca
Proposta do município, segundo a coordenadora de Saúde da Mulher, Maria Luíza Bezerra, é promover informações sobre o câncer de mama
Campanha Outubro Rosa, em Arapiraca - Foto: Assessoria

Arapiraca chama a atenção da população para a Campanha Outubro Rosa, que este ano trabalha o tema “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”. A estratégia utilizada é, através da Secretaria Municipal de Saúde, levar informações sobre a doença a variados públicos, nas Unidades de Saúde, no Centro Administrativo Municipal, Centros Especializados e hospitais que ofertam serviços de oncologia.

A proposta do município, segundo a coordenadora de Saúde da Mulher, Maria Luíza Bezerra, é promover informações sobre o câncer de mama, foco da campanha Outubro Rosa, para o maior número de pessoas. E que elas possam ser multiplicadoras dos conhecimentos ensinados pelos profissionais de saúde.

Falar abertamente sobre o câncer pode ajudar a esclarecer mitos e verdades e, com isso, aumentar a chance de enfrentamento da doença. Um em cada três casos da doença, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), pode ser curado se for descoberto logo no início.

“Muitas mulheres, por desconhecimento ou medo, acabam atrasando o diagnóstico. O câncer de mama apresenta sinais e sintomas em suas fases iniciais. A ida ao médico é importante para se detectar precocemente, o que traz melhores resultados no tratamento e ajuda a reduzir a mortalidade”, ressaltou a coordenadora.

E pensando nisso, as equipes de saúde se empenham para chamar a atenção da população, decorando as unidades, promovendo rodas de conversa, palestras, salas de espera e exposições. Ao longo do mês, cada Unidade de Saúde, na zona urbana e rural, prepara um momento específico para falar do assunto, o chamado “Dia D”.

Maria Luíza lembra que, nesses momentos de esclarecimento e também de compartilhamento de experiências, destacam aspectos da doença, a prevenção, detecção precoce, sinais, sintomas, fatores de risco, de proteção e os serviços de diagnóstico ofertados no município. “Apesar deste mês ser o escolhido para chamar a atenção para o tema, é preciso que as mulheres entendam a necessidade de se cuidar o ano inteiro e promover o autocuidado das mamas, que deve ser diário”, ressaltou.

+ fotos
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.