Dólar hoje 5,201
23ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
CSE
Postada em 25/06/2022 18:50 | Atualizada em 25/06/2022 21:30 | Por Todo Segundo
CSE perde para o Sergipe, completa 4 jogos sem vencer e se complica na Série D
Com a derrota contra o Sergipe, o CSE ocupa a penúltima posição e apenas quatro equipes passam para fase seguinte
CSE perdeu para o Sergipe, completou 4 jogos sem vencer e se complicou na Série D - Foto: Antônio Soares/CSS

O CSE foi derrotado por 2 a 1, para o Sergipe na tarde deste sábado (25), no Estádio Batistão, em Aracajú e se afastou de vez das primeiras colocações do Grupo 4 da Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo válido pela 11ª rodada da competição, teve transmissão pelo ao vivo pela Rádio Viva FM 92,5 e Portal Todo Segundo, simultaneamente.

O Tricolor que começou o torneio com quatro empates nos primeiros jogos e, chegou a ocupar o terceiro ligar na primeira fase, completou quatro jogos sem vencer. Sua última vitória foi no dia 28 de maio, quando bateu o Atlético/BA por 2 a 1, de virada no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios pela 7ª rodada da primeira fase.

Com a derrota contra o Sergipe, o CSE ocupa a penúltima posição e apenas quatro equipes passam para fase seguinte. Apesar disse, com 11 pontos conquistados, o Tricolor está a dois pontos da zona de classificação e três confrontos diretos para tentar reverter a fase ruim.

A lei do ex

A lei do ex foi estabelecida no jogo entre Sergipe e CSE. O centroavante Alan James marcou duas vezes contra o Tricolor de Palmeira dos Índios seu ex-clube e foi decisivo para a vitória do Sergipe por 2 a 1. O meia-atacante Júnior Timbó, de pênalti, descontou em Aracaju. O lateral-direito Ewerton Argeu, do Sergipe, recebeu o segundo amarelo e foi expulso aos 35 do segundo tempo.

No próximo compromisso, o CSE recebe o Lagarto no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, às 19h.

As atrapalhadas do Técnico Betinho

Da esperança à decepção. Esses foram os sentimentos expressados pelo torcedor Tricolor com o Técnico Betinho Nascimento, na derrota por 2 a 1, para o Sergipe. A situação não é nada confortável - e já faz tempo. O clima ficou tenso no jogo deste sábado após ele deixar o principal atacante Matheus Reges no banco, e para piorar só colocou o jogador aos 18 minutos do segundo tempo e ainda no lugar do meia de criação Vinícius Vargas.

Seu desempenho a frente do CSE é muito abaixo do esperado. Desde sua chegada, foram 3 empates, 4 derrotas e apenas 2 vitórias.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.