Dólar hoje 5,293
18ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 19/07/2021 08:03
ASA: Com o atual desempenho, classificação parece ser um sonho distante
Pela sétima rodada do Brasileirão Série D, neste domingo (18), alvinegro empata contra o Bahia de Feira por 1 a 1 e continua sem vencer jogando em casa na competição.

Mais uma vez expectativas foram criadas. E mais uma vez o resultado foi a frustração.

O ASA segue sem vencer em casa no Brasileirão da Série D. Foram quatro jogos em Arapiraca; dois empates, duas derrotas e apenas dois gols marcados. Na tabela, o time alvinegro ocupa a sexta posição, com seis pontos - cinco atrás do Sergipe, que o quarto colocado e primeiro dentro da zona de classificação.

No geral, até o momento, são sete jogos. Apenas uma vitória, três empates e três derrotas. São seis gols marcados, 11 gols sofridos e um saldo negativo de cinco gols. Um aproveitamento de 28,6%.

Em mais uma partida ruim, o ASA mostrou novamente suas deficiências . Especialmente na parte de criação e construção de jogadas. É um time totalmente descompassado e de pouco repertório. A desorganização ofensiva é notória e aparente. Com toda lentidão, falta de dinâmica, troca de posições e mobilidade quase que inerte.

Alguns lampejos, logicamente, aparecem em determinados momentos dos jogos. No entanto, não há uma continuidade. Embora alguns jogadores se destaquem em tentativas individuais que possibilitam algo diferente. No mais, o nível técnico do time continua baixo.

Acredito que o que mais frustra, especialmente o torcedor, é a falta de sequência nos níveis de atuação. Uma vez que o ASA consegue ou entrega um bom desempenho em uma partida e não consegue repetir o que foi feito na próxima. Até pelo fato do time já ter demonstrado que pode evoluir e que pode jogar bem mais que isso.

Vários jogadores estão abaixo em todos os aspectos. Fator que interfere de forma iminente no desempenho coletivo - um dos pontos que estavam evoluindo. Apesar disso, podemos citar os meninos da base, por exemplo, que podem contribuir para a sequência do campeonato. Um possível alento para o clube.

Em resumo, o desempenho pífio do time em campo faz com que a esperança por classificação comece a ser um sonho utópico. E que apesar de ter um segundo turno todo pela frente, a atual performance faz com que as perspectivas de melhora sejam mínimas. Tão poucas quanto o pouco futebol apresentado até o momento.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.