Dólar hoje 5,323
25ºC em Arapiraca, AL Tempo nublado
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 05/03/2020 07:51
ASA: Mais alguns dias para trabalhar; bom para Lorival
FAF definiu, ontem, as datas e horários das duas últimas rodadas do Campeonato Alagoano.

Definição que vira expectativa e aflição, principalmente por parte do torcedor alvinegro.

A FAF definiu, ontem, as datas e horários das últimas duas rodadas do Campeonato Alagoano. O ASA jogará contra o CSA no dia 18/03 (quarta-feira), às 20h, no Estádio Municipal de Arapiraca; fechando a primeira fase contra o CSE no dia 28/03 (sábado), às 17h, no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios.

Com isso, o técnico recém-chegado, Lorival Santos, terá pelo menos 20 dias para trabalhar, entre uma partida e outra. Tempo esse que aumentou depois das definições da Federação.

A pergunta que fica é: isso é bom ou ruim?

Logicamente que para um treinador que chegou agora e necessita de tempo, foram definições favoráveis. Um tempo a mais, mesmo num período não tão extenso, será importante.

É bem verdade também que é impossível um técnico implantar sua metodologia de jogo em tão pouco tempo. Algumas ideias de jogo podem ser passadas, mas dificilmente ou raramente um padrão de jogo aparecerá. O que pode mudar mesmo e acredito que mude, são dois fatores primordiais: postura e atitude. Mudando isso, já é meio caminho andado.

São prós e contras dessa "mini inatividade".

A parte ruim consiste também no mesmo tempo e período. Com essa pequena pausa, o ritmo de jogo cai. Justamente por consequências dos dias sem partidas oficiais. O que remete a máxima do futebol de que "treino é treino e jogo é jogo". Ou seja, uma explicação simples de dois aspectos onde as intensidades são diferentes.

No entanto, dos males o menor. Foram decisões, ao meu ver, que vão favorecer o time do ASA. E mesmo tendo chances reais de classificação; para mim, a primeira missão é fugir do rebaixamento. Pelos simples aspectos de desempenho (horrível), números e estatísticas.

Portanto, a expectativa agora fica por conta dos atores principais, os jogadores. A esperança de uma melhora continua, mesmo nessa situação ruim e difícil. Assim, a espera por dias, jogos e resultados melhores permanece. Intacta. Agora, o que resta é aguardar.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.