Dólar hoje 4,882
21ºC em Arapiraca, AL Tempo nublado
Polícia
Postada em 02/05/2022 10:01 | Atualizada em 02/05/2022 18:31 | Por Todo Segundo
Mãe de jovem morta pelo companheiro acredita que crime foi provocado por ciúmes
Edilene Andrade afirma que os dois viviam brigando por ciúmes, fato que pode ter provocado o feminicídio
Mãe de jovem morta pelo companheiro concedeu entrevista exclusiva ao Repórter Everton Luís - Foto: Todo Segundo

A mãe da jovem identificada como Natália Andrade de Melo, 22 anos, que foi morta a golpes de faca peixeira na noite da última sexta-feira (29), no Sítio Batingas, Zona Rural de Palmeira dos Índios, acredita que o crime foi provocado por ciúmes e pede justiça.

Em entrevista exclusiva à Rádio Viva FM 92,5 na manhã desta segunda-feira (02), Edilene Andrade revelou que Natália se relacionava com o acusado apenas três meses afirma que os dois viviam brigando por ciúmes, fato que pode ter provocado o feminicídio.

Ouça a entrevista completa concedida ao Repórter Everton Luís, acima

O caso

Natália Andrade de Melo de 22 anos, foi morta a golpes de faca peixeira na noite última sexta-feira (29), no Sítio Batingas, Zona Rural de Palmeira dos Índios. O companheiro dela foi preso horas depois, após divulgar a foto da vítima já morta em sua rede social.

O acusado foi localizado nas proximidades de sua residência e após confessar o crime apontou que o corpo da jovem estava as margens de um rio próximo ao antigo Campo de Aviação. A vítima deixou três filhas, de 6, 7 e 8 anos, de outro relacionamento.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.