Dólar hoje 5,179
21ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
Alagoas
Postada em 17/06/2021 15:57 | Atualizada em 17/06/2021 16:01 | Por João Victor Barroso
Governo de Alagoas entrega Hospital Regional do Alto Sertão na segunda (21)
Com investimentos de R$ 35 milhões, unidade vai inicialmente reforçar rede pública nos casos de Covid-19 ao oferecer 10 leitos de UTI e 50 leitos clínicos
Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), em Delmiro Gouveia - Foto: Thiago Duarte

O Programa de Regionalização da Saúde promovido pelo Governo do Estado avança mais uma importante etapa na estruturação da rede pública com a inauguração Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), que acontece na próxima segunda-feira (21), às 10h, na cidade de Delmiro Gouveia.

No primeiro momento, a unidade vai abrir com um total de 60 leitos para atender somente pacientes que precisam de tratamento para a Covid-19, sendo 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 50 Clínicos. Inicialmente, o HRAS também não será hospital de porta aberta, uma vez que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) serão transferidos exclusivamente de UnidadeS de Pronto Atendimento (UPA) ou de Unidades Básica de Saúde (UBS) por meio de encaminhamento realizado pela Central de Regulação de Leitos de Alagoas.

Ao fim da pandemia, quando estiver com todos os serviços liberados, o Hospital Regional do Alto Sertão será porta aberta e terá 153 leitos para receber os 160.254 alagoanos que residem em Delmiro Gouveia e em mais seis municípios vizinhos da região: Piranhas, Inhapi, A?gua Branca, Olho d’A?gua do Casado, Mata Grande e Pariconha.

Uma vez em pleno funcionamento, os sertanejos terão à disposição serviços de ortopedia, nefrologia, cardiologia, urologia, cirurgia geral e obstetrícia. O HRAS também será referência nos exames por imagem, com uma estimativa de que sejam realizados, mensalmente, sete mil exames de diagnóstico complementar. Para isso, serão disponibilizados exames de tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma e raios-x.

Assegurar atendimento de saúde de qualidade para mais perto da população tem sido um dos propósitos do Governo de Alagoas. “Enquanto o Brasil construiu hospitais de campanha nessa pandemia, aqui, nós construímos hospitais de verdade, que vão ficar para beneficiar o povo depois da pandemia, que vão gerar empregos – agora, quase 500 empregos e, quando o hospital estiver totalmente em funcionamento, cerca de 800 empregos”, comentou o governador Renan Filho, ao anunciar, no início da semana, a inauguração da unidade.

Desde a autorização para início das obras, em 3 de julho de 2018, foram investidos R$ 35 milhões na construção do centro hospitalar, com recursos provenientes do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (FECOEP) e também do Tesouro Estadual.

Regionalização – O Programa de Regionalização da Saúde teve início no Litoral Norte, com a inauguração do Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo. Posteriormente, foi a vez da Zona da Mata, com a abertura do Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares. E agora, a terceira unidade entrará em funcionamento com o Hospital Regional do Alto Sertão.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.