Dólar hoje 4,882
21ºC em Arapiraca, AL Tempo nublado
Internacional
Postada em 11/01/2022 13:30 | Atualizada em 11/01/2022 14:02 | Por R7
Os dias da semana se repetem 4 vezes em fevereiro deste ano
Correntes de mensagens afirmam que fenômeno registrado no mês que vem só se repete a cada 823 anos
Fevereiro próximo é um mês "diferenciado" - Foto: Divulgação

Uma mensagem está circulando na internet sobre o mês de fevereiro desse ano, 2022. De acordo com a postagem, essa é a primeira vez em 823 anos que o mês terá "4 domingos; 4 segunda-feira; 4 terça-feira; 4 quarta-feira; 4 quinta-feira; 4 sexta-feira; 4 sábados"(sic). Supostamente, o nome do fenômeno seria "MiracleIn" e seria "Baseado em milagres bíblicos inexplicáveis".

Chamamos de "corrente", porque a mensagem afirma ainda que se a pessoa que recebê-la repassar para cinco pessoas ou cinco grupos, "um milagre acontecerá em quatro dias".

Apesar de ser real que o mês terá a mesma quantidade de cada um dos dias da semana, não é verdade que isso é algo raro e que acontece a 853 anos. Na realidade, em todos os anos não bissextos, o mês de fevereiro tem a mesma configuração dos dias da semana.

Basta fazer a conta: são sete dias da semana, repetidos quatro vezes cada um. Total de 28 dias. Dessa forma, três em cada quatro "fevereiros" tem essa disposição, que está sendo divulgada como um evento fora do comum.

Em anos bissextos, isto é, anos que tem um dia a mais, esse dia é adicionado ao mês de fevereiro, alterando o total. Como em 2019, último ano bissexto, quando tivemos domingo, segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira e sexta-feira se repetindo quatro vezes cada. E o domingo, data em que caiu o dia 29, dia extra, se repetindo cinco vezes.

Outras mensagens semelhantes já apareceram na internet em outros momentos. Um deles foi no ano passado. Nas publicações antigas, eram feitas as mesmas alegações sobre ser um mês milagroso e que acontecia apenas a cada 823 anos.

Portanto, é falso que o mês de fevereiro desse ano terá fenômeno "milagroso" e que só acontece a cada 823 anos. A mensagem espalhada é recorrente em checagens e também já foi desmentida por outras agências, no Brasil e em outros países.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.