Dólar hoje 5,184
21ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 01/06/2021 07:46
FUTEBOL: A Copa América no Brasil é uma enorme "piada" de muito mau gosto
Após Argentina e Colômbia se recusarem a receber a competição, o Brasil poderá abrigar o torneio. Luiz Eduardo Ramos, Minístro da Casa Civíl, afirmou que ainda não há confirmação.

Qual a lógica de receber um evento de tal porte, num cenário epidemiológico descontrolado? Qual a relevância momentânea de um torneio de futebol, num país onde 1000 pessoas morrem por dia e mais 450 mil (e contando) já morreram?

Tais perguntas, na verdade, nem deveriam estar sendo feitas.

Após a recusa de Argentina (por conta do aumento de casos de covid-19) e Colômbia (por protestos e crise política), o Brasil aceitou sediar a competição. Segundo informações as tratativas foram diretas entre CONMEBOL, CBF e Governo Federal, respectivamente. O que chamou à atenção, inclusive, foi a rapidez para a tomada de decisão.

Algumas narrativas já foram criadas - como de praxe - para tentar defender algo tão ilógico. Sobretudo as comparações com outros campeonatos que estão acontecendo em nosso território. No entanto, a memória curta de um certo pessoal faz com que esqueçam que os mesmos torneios sofreram críticas no momento de seus retornos. Justamente pela situação vivida à época (o que no Brasil não mudou).

Entre teses, também, mirabolantes de esterismo de A ou B. A mesma prática de quem tenta achar um meio para defender absurdos.

O Brasil foi e é um desastre no combate à pandemia; continua sendo um eminente epicentro; não houve controle na disseminação do vírus; a vacinação caminha em passos curtos e muita gente continua morrendo. Por vários fatores conhecidos. Especialmente a falta de seriedade e ações sanitárias coordenadas e doses descomunais de negacionismo.

Estamos vendo mais um absurdo e tentando explicar o óbvio. Como potencializar ao invés de controlar?

Há interesse na continuidade do futebol, certamente. Até porque ele foi tratado como essencial, por muitos aspectos - inclusive financeiro. Mas hoje, no atual cenário, é ser insensato no trato da situação. Uma total falta de bom senso, de quem na verdade, jamais teve. Um mundo paradoxal e paralelo explícito mais uma vez.

Uma piada de muito mau gosto daquele que virou piada e vergonha mundial. Brasil.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
1 Comentário
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.

Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.