Dólar hoje 5,293
18ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
André Avlis

Sobre o autor

Radialista, natural de Maceió, cresceu em Arapiraca e trabalhou nas rádios, Cidade, A Voz do povo é a voz de Deus, Metropolitana FM, Novo Nordeste, Nova FM e atualmente trabalha na Pajuçara FM.
Postada em 09/07/2021 09:29 | Atualizada em 09/07/2021 09:43
FUTEBOL: Torcer para o Brasil perder para a Argentina é errado? Não. É apenas ridículo
Brasil e Argentina se enfrentam neste sábado (10), no Maracanã, às 21h, pela final da Copa América 2021.

Todos têm direito de decidir o que acham certo, lógico - mesmo sendo por vezes algo patético. No entanto, o livre arbítrio permite algumas decisões.

No futebol, algumas ações tornaram-se ao longo da história e do tempo, um tanto abomináveis. Uma delas, por exemplo, é "virar a casaca". Algo execrável, bizarro e vergonhoso - pelo menos era, hoje parece motivo de orgulho (sic!). Especialmente se o "torcedor" em questão tiver capacidade de entender a situação.

Então, o que leva alguém a mudar de lado? Trocar de time, pular o muro, virar a casaca etc. Será baixa autoestima ou o 'Complexo de Vira-Latas' descrito por Armando Nogueira?

No caso de "brasileiros" que torcem para a Argentina, algumas teses - não muito inteligíveis - são colocadas como motivação de se tornar um "Enzo" (termo usado para quem troca de time ou é modinha).

Se formos ter uma premissa que traz explicação, por exemplo, sobre mais títulos, soberania no confronto, melhor time e atual desempenho, podemos derrubar quaisquer pretextos para torcer para um arquirrival centenário. Que inclusive, já mostraram de várias maneiras o ódio pelo Brasil e o povo brasileiro. Em qualquer âmbito.

Algumas explicações são interessantes e engraçadas para descrever o "amor" pelos hermanos.

Dizem que mudaram de lado pela corrupção na CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no entanto, a AFA (Associação de Futebol Argentino) tem o mesmo problema - ou maior. Em títulos, o Brasil tem mais relevância e a Argentina não conquista nada há 28 anos. Se partimos para a qualidade e desempenho dos times, a seleção brasileira também leva vantagem. Incluindo no "pacote", melhores jogadores da história, o Brasil também é melhor e maior.

Uma aversão à seleção brasileira foi criada a partir de vários episódios ao longo de um período recente. Isso é fato. Contudo, afastamento, descontentamento, insatisfação e decepções foram e estão presentes na história da nossa seleção desde a sua criação. Mas nunca algo tão ilógico, bizarro, incompreensível, inexplicável, vergonhoso e patético surgiu.

Seria um desastre para o futebol brasileiro a Argentina conquistar um título em nosso país. Mas é algo que pode acontecer. Porém, torcer para tal acontecimento é absurdo e contraditório. Mesmo não sendo errado. Por ser apenas ridículo.

O site Todo Segundo não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.