Dólar hoje 5,607
23ºC em Arapiraca, AL Parcialmente nublado
CSA
Postada em 04/12/2019 23:11 | Atualizada em 04/12/2019 23:13 | Por Todo Segundo com Gazeta Esportiva
Chapecoense vence por 3 a 0 e confirma rebaixamento do CSA
CSA foi derrotado por 3 a 0 e acabou com as chances de permanência na primeira divisão
CSA foi batido pela Chapecoense nesta quarta - Foto: Tarla Wolski/Futura Press

Mais um rebaixado foi conhecido na noite desta quarta-feira. Na Arena Condá, A Chapecoense venceu o CSA por 3 a 0 e acabou com as chances de permanência do time alagoano na primeira divisão. A partida foi válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 32 pontos na 18ª colocação, o Azulão precisava ganhar seus dois jogos e ainda secar Cruzeiro e Ceará. Depois da derrota em Santa Catarina, o CSA não alcança mais seus adversários. Já rebaixada há duas rodadas, a Chapecoense chega a 31 pontos e ocupa a vice-lanterna da competição.

Depois de se despedir de sua torcida, o time catarinense encerra a temporada contra o Vasco, em São Januário, às 16h deste domingo. No mesmo horário, o CSA recebe o São Paulo no Rei Pelé para terminar a sua participação na Série A.

O jogo

Demorou exatamente um minuto para a Chape abrir o placar. Gustavo Campanharo recebeu excelente passe em profundidade pelo meio, invadiu a área e bateu forte no alto para colocar o time da casa em vantagem.

Depois disso, entretanto, o jogo ficou morno e as duas equipes pouco criaram, com o gramado pesado na Arena Condá. O CSA só conseguiu assustar o goleiro João Ricardo nas bolas paradas de Rafinha. Aos 41, o lateral-direito quase marcou um gol olímpico, e aos 46 ameaçou com uma cobrança de falta do meio da rua.

No segundo tempo, as coisas ficaram ainda pior para o CSA, que viu a derrota se consolidar. Começou com a expulsão de João Vitor, que recebeu o seu segundo amarelo logo aos 10 minutos.

Poucos minutos depois, aos 13, a Chape ampliou a sua vantagem. Eduardo recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro para Arthur Gomes. O atacante dominou e bateu cruzado para marcar o segundo dos mandantes.

A partida já caminhava para o final, mas ainda deu tempo para a situação ficar ainda mais feia para os alagoanos. Aos 33, em cobrança de escanteio, Diego Torres colocou na cabeça de Maurício Ramos, que fez o terceiro da Chapecoense.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 3 X 0 CSA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 4 de dezembro de 2019 (quarta-feira)

Horário: 21h00 (de Brasília)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ), Michael Correa (RJ) e Evandro Tiago Bender (SC)

Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Gustavo Campanharo (Chapecoense); João Vitor e Jean Cléber (CSA)

Cartões vermelhos: João Vitor (CSA)

Gols: Gustavo Campanharo, ao 1 do 1ºT, Arthur Gomes, aos 13 do 2ºT e Maurício Ramos, aos 33 do 2ºT (Chapecoense)

CHAPECOENSE: João Ricardo, Eduardo, Maurício Ramos, Amaral e Caíque Sá; Márcio Araújo, Gustavo Campanharo (Diego Torres), Tharlis e Vini Locatelli (Ronei); Renato Kayzer e Dalberto (Arthur Gomes). Técnico: Maurício Ramos.

CSA: Jordi; Dawhan, Lucas Dias, Luciano Castán e Rafinha; João Vitor, Nilton, Jean Cléber e Jonatan Gómez (Matheus Prado); Bustamante (Bruno Alves) e Ricardo Bueno. Técnico: Jacozinho.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.