Dólar hoje 5,101
23ºC em Arapiraca, Tempo nublado
coronavírus
Postada em 17/03/2020 22:25 | Atualizada em 24/03/2020 14:19 | Por Todo Segundo com Ascom
Palmeira dos Índios registra primeiro caso suspeito de coronavírus
Professor de 28 anos, que reside no bairro São Francisco, esteve nos Estados Unidos e ao voltar, passou mal
Prefeito Júlio Cezar assinou um Decreto Municipal nesta terça-feira (17). Medida faz parte do Plano de Contingência à doença coronavírus - Foto: Diego Wendric / Assessoria

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou na noite desta terça-feira (17), que existe um caso da Covid-19, o novo coronavírus, sob investigação no município. Trata-se de um rapaz que esteve nos Estados Unidos e que, ao voltar do país norte-americano, passou mal, foi atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maceió e está de quarentena. O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) divulgou o caso para o munícipio no final da tarde desta terça. No total, existem 32 casos suspeitos em Maceió e 1 confirmado, 1 caso suspeito em Arapiraca e outro em Palmeira dos Índios.

Na manhã desta quarta-feira (18) o prefeito Júlio Cezar e o secretário de Saúde, Márcio Henrique vão percorrer a UPA e o Hospital para implantação das salas de isolamento de pacientes que venham a ser infectados pelo coronavírus. Quanto a este caso, a Secretaria Municipal de Saúde confirma que no final da tarde desta terça-feira recebeu notificação do CIEVS sobre a suspeita deste jovem palmeirense que viajou aos Estados Unidos. A identidade dele está sendo mantida em sigilo.

A diretora da Vigilância em Saúde Leide Alencar esteve no domicílio do rapaz para coletar informações sobre o deslocamento e realizar o protocolo que foi instalado pelo município. De acordo com Leide, o rapaz tem 28 anos, é professor e reside no bairro São Francisco. Ele viajou no dia 17 de fevereiro para os Estados Unidos e retornou no dia 2 deste mês, diretamente para Palmeira dos Índios, ministrou aulas nos dias 9 e 10. Foi quando sentiu-se mal, apresentou sintomáticos respiratórios e se automedicou. No dia 13, foi a Maceió e no outro dia recebeu atendimento na UPA do Trapiche, onde o médico prescreveu medicação e foi feito coleta da nasofaringe. A UPA notificou o caso e aguarda o resultado, que deve sair até sexta-feira (20).

O rapaz está em isolamento há 3 dias, onde reside com os pais, que também estão sendo monitorados pela equipe de Saúde da Família do bairro. Durante a visita, foram feitas as orientações devidas e redigida e assinada a notificação de isolamento, conforme o Decreto Municipal, anunciado na manhã desta terça-feira (17).

A SMS ressalta que até o final da tarde desta terça, não havia nenhuma suspeita ou notificação no município. Após ligação do Cievs, o caso foi posto em prioridade e outras medidas já estão sendo tomadas pela Vigilância em Saúde.

MAIS MONITORAMENTO NO MUNICÍPIO

A diretora Leide ainda informou que desde a segunda-feira (16), algumas pessoas estão sendo monitoradas, por terem viajado para áreas de risco, como é o caso de jovens estudantes que chegaram de São Paulo, onde passaram o período de 6 a 14 de março, e uma família da Itália, que está na zona rural palmeirense. Todos foram notificados para permanecerem em isolamento e receberam orientações de prevenção individual e coletiva.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.