Dólar hoje 3,856
23ºC em Arapiraca, Parcialmente nublado
Municípios
Postada em 11/07/2018 18:53 | Atualizada em 11/07/2018 19:02 | Por Lucianna Araújo / Assessoria
Júlio Cezar dá posse a 30 agentes da Guarda Municipal de Palmeira
Agentes poderão auxiliar a Polícia Militar e criar uma cultura de segurança no município
A solenidade ocorreu no Nobre da prefeitura - Foto: Diego Wendric / Assessoria

Os 30 novos agentes da Guarda Municipal de Palmeira dos Índios assinaram nesta quarta-feira (11), no Salão Nobre da prefeitura, o Termo de Posse que viabiliza o ingresso de cada um deles na instituição. A solenidade foi acompanhada pelo prefeito Júlio Cezar, pelo promotor de Justiça Jomar Moraes, coordenador da Guarda capitão Silveira, secretários e familiares dos novos guardas. Os agentes terão um importante papel de contribuir com a segurança pública da cidade e se juntam a outros 19 guardas municipais, já nomeados, que formam um contingente de 50 agentes, somados à chefia. Eles poderão auxiliar a Polícia Militar e criar uma cultura de segurança no município.

O promotor de Justiça Jomar Moraes disse que a prefeitura que tem a atitude de criar a Guarda Municipal é porque tem vontade que o município cresça. “Esta foi uma luta de muitos meses tanto dos concursados quanto do Ministério Público, da Justiça e do prefeito Júlio Cezar, para que este momento acontecesse. A lei para a criação da Guarda é de 2002 e por aqui nunca se teve a preocupação de criar a instituição. Quando o município cumpre com seus deveres, a Justiça não precisa aparecer e isto significa que ele funciona bem. A bandeira que o prefeito tinha segurado desde a época em que foi vereador, hoje, finalmente, pôde ser efetivada e os concursados estão tomando posse. Este, realmente, é um momento muito importante e feliz para todos nós”, destacou o promotor.

O prefeito Júlio Cezar ressaltou a importância da criação da Guarda para a segurança dos municípios. “O promotor Jomar Moraes e o juiz Geneir Marques foram fundamentais para o dia de hoje e para as outras duas convocações que fizemos anteriormente. Quando assumi o governo, em janeiro do ano passado, o Ministério Público provocou a nossa gestão para uma demanda ainda da época em que eu fui vereador, aqui em Palmeira, que era a nomeação da Guarda e a importância que ela representaria para o nosso município, que é grande e necessita de segurança pública, apesar de todo o trabalho da Polícia Militar”, disse o prefeito Júlio.

E continuou. “Vamos iniciar a Guarda Municipal do tamanho que Palmeira precisa. Teremos equipamentos para garantir um melhor trabalho do contingente, além do videomonitoramento, que tem dado certo em muitas cidades. Trabalharemos de mãos dadas com a Polícia Militar, teremos cursos práticos e teóricos para a formação da Guarda e vamos criar uma cultura de segurança, além do Conselho Municipal de Segurança Pública, que será consultivo e deliberativo. Faremos a segurança da população sete dias por semana, 24 horas por dia. Temos um trabalho grande pela frente e daqui a uns cinquenta dias, queremos iniciar com cada agente fardado, com Equipamento de Proteção Individual (EPI), viaturas e tudo que for possível para garantir um bom funcionamento da Guarda no nosso município”, finalizou o prefeito.

+ fotos
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.