Dólar hoje 5,482
19ºC em Arapiraca, AL Tempo limpo
Brasil
Postada em 12/07/2020 10:34 | Atualizada em 12/07/2020 10:46 | Por Todo Segundo
Bolsonaro volta a criticar medidas restritivas: 'são milhões de empregos destruídos'
"A realidade do futuro de cada família brasileira deve ser despolitizada da pandemia. Os números reais dessa guerra brevemente aparecerão”, diz presidente
São milhões de empregos destruídos, diz Bolsonaro sobre fechamento do comércio - Foto: Divulgação

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Bolsonaro tem se posicionado contra as medidas de restrições adotadas por governadores e prefeitos. O presidente prega a realização de um isolamento vertical, voltado para grupos de risco, para garantir o reaquecimento da economia.

O presidente Jair Bolsonaro destacou mais uma vez neste domingo (12), o impacto de medidas de restrição nos empregos no País. “Milhões de empregos destruídos, dezenas de milhões de informais sem renda e um país na beira da recessão”, escreveu ele no facebook.

"A desinformação foi uma arma largamente utilizada. O pânico foi disseminado fazendo as pessoas acreditarem que só tinham um grave problema para enfrentar. - Sempre disse que o efeito colateral do combate ao vírus não poderia ser pior que o próprio vírus. A realidade do futuro de cada família brasileira deve ser despolitizada da pandemia. Os números reais dessa guerra brevemente aparecerão”, disse.

Segundo o presidente, a situação só não está pior pelas ações do Governo Federal que foi ao socorro das pequenas e médias empresas, arranjou recursos para estados e municípios e está pagando Auxílio Emergencial de R$ 600,00 para mais de 60 milhões de pessoas.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
*Marque Não sou um robô para enviar.
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.